segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Não há necessidade de solidão

"E percebo que não importa onde eu esteja, seja em um quartinho repleto de idéias ou nesse universo infinito de estrelas e montanhas, tudo está na minha mente. Não há necessidade de solidão. Por isso, ame a vida como ela é e não forme idéias preconcebidas de espécie alguma em sua mente".

2 comentários:

Lucia Rosa Senna disse...

Olha sempre busquei na internet amigos que como eu fossem amantes da literatura,faz já bastante tempo que não leio um livro o porquê não vem ao caso pois já estou cansada de narrar ou melhor ter que dar satisfações do porquê estou longe das salas de aulas,meu objetivo era e será algum dia a crítica lietrária,por isso tenho achado interessante suas postagens diante de tantas boboagens que se escreve.Obrigado por manter viva em mim a esperança de que os tempos que passei na UFJF cursando Letras não foi em vão.

joão pinheiro disse...

Lucia, obrigado pelo seu comentário. Fico feliz em saber que minhas postagens tem tamanha importância para alguém. Espero que você retome a sua paixão pela literatura, pois não vejo nada mais vivo na vida do que a arte.

Feliz 2012!

"Aqui estão os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os pinos redondos nos buracos quadrados. Aqueles que vêem as coisas de forma diferente. Eles não curtem regras. E não respeitam o status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou caluniá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Empurram a raça humana para a frente. E, enquanto alguns os vêem como loucos, nós os vemos como geniais. Porque as pessoas loucas o bastante para acreditar que podem mudar o mundo, são as que o mudam."

Jack Kerouac.

Livro

Livro
Para adquiri-lo, mande uma mensagem para joaocpp@yahoo.com.br com o título KEROUAC, que eu envio pelo correio mediante o depósito de 25 reais.

Postagens populares

Seguidores

Follow by Email